quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Funcionários dos Correios vão à Justiça contra Guedes por uso de dados mentirosos sobre a estatal

Os funcionários dos Correios avaliam ir à Justiça contra o ministro da Economia, Paulo Guedes, e Salim Mattar, secretário de Desestatização, pelo uso de informações sobre a estatal que eles afirmam ser mentirosas, com o objetivo de manipular a opinião pública e justificar a privatização da empresa. Informação é da coluna de Guilherme Amado, na Época.

Uma das informações que os funcionários afirmam estar errada é sobre o balanço dos Correios, que, de acordo com eles, registraram lucro de R$ 800 milhões nos últimos dois anos. Enquanto isso, o ministro da Economia tem repetido que a empresa dá prejuízo.

Os Correios têm sido o principal alvo do governo de Jair Bolsonaro (PSL). O presidente chegou a dizer que “privatização começa pelos Correios” e a empresa é uma das 15 incluídas no plano de privatizações de Paulo Guedes, que  abarca também Eletrobras, a EBC e a Casa da Moeda.

No entanto, um levantamento do Datafolha divulgado no último mês revelou que a população brasileira não está de acordo com os planos. Segundo a pesquisa, 67% dos brasileiros são contrários às desestatizações e apenas 25% se diz favorável.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.