quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Fundação Lemann patrocina evento no Google com MBL e Vem Pra Rua

A fundação do homem mais rico do Brasil, com uma fortuna avaliada em cerca de R$ 90 bilhões, Jorge Lemann está patrocinando a edição do Brazil Conference at Harvard & MIT, em São Paulo. O evento será no dia 11 de junho e o tema será “renovação política”, no Google Campus, no Paraíso.

Para falar sobre o assunto, foram convidados painelistas dos novos movimentos de direita, marcados pelo anti-petismo, que surgiram nas mobilizações pelo impeachment de Dilma Rousseff, como Adelaide Oliveira, do Vem Pra Rua, e Fernando Holiday, do Movimento Brasil Livre.

Além deles, Flávia Goulart, do Partido Novo, que tem como pré-candidato à presidência João Amôedo, Pedro H. de Cristo (Brasil 21) e Tábata Amaral (Acredito).

O evento patrocinado por Lemann é uma edição regional do anual que acontece em abril, organizado pela comunidade brasileira de estudantes na região de Boston, desde 2015, também com apoio do bilionário.

Lemann vem apoiando diversos movimentos políticos à direita, seguindo os passos de outro bilionário, George Soros. “A ideia de ajudar amadureceu, em minha mente, lá por 1979, quando dei à Hungria a Universidade de Budapeste”, disse Soros em um jantar no apartamento de Fernando Henrique Cardoso, no Rio, onde Lemann era um dos seletos convidados.

Recentemente, o dono da Ambev também decidiu entrar na disputa do combate às fake news, patrocinando campanha de combate à fake news na revista Veja. Vale lembrar que o MBL, representante da “renovação política” para Lemann, lidera lista de boatos espalhados nas redes, segundo estudo da Associação dos Especialistas em Políticas Públicas de São Paulo (AEPPSP), e foi uma das primeiras páginas que divulgou notícia falsa sobre o assassinato de Marielle Franco.

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.