Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de abril de 2019, 08h53

Garis do Rio entram em greve; Justiça acata ação de Crivella, proíbe piquetes e manda que 60% trabalhem

Prefeito do Rio, Marcelo Crivella propôs aumento de 3,73%. Após dois meses de negociação, garis resolveram entrar em greve nesta segunda-feira (22)

Marcelo Crivella e Garis do Rio de Janeiro (Montagem)

Os garis da cidade do Rio de Janeiro iniciaram à zero hora desta segunda-feira (22) após rejeitar o aumento salarial de 3,73% oferecido pela Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb).

A categoria reivindica um aumento de 10% nos salários e decidiu pela paralisação em assembleia realizada na quinta-feira (18), após dois meses de negociação com o prefeito, Marcelo Crivella (PRB).

Neste domingo, Crivella conseguiu na Justiça uma liminar que obriga 60% dos garis a trabalharem e proíbe piquetes durante a paralisação. A desobediência à decisão da Justiça será passível de multa de R$ 60 mil reais por dia.

Segundo o Sindicato dos Empregados de Empresas de Asseio e Conservação do Município do Rio de Janeiro (SEEACMRJ), “o entendimento do desembargador de plantão foi de que a situação de calamidade causada pelas fortes chuvas na cidade não pode prescindir do nosso trabalho nas ruas”.

O Sindicato estará em nova negociação com a Comlurb às 10h desta segunda-feira, quando espera avanços na proposta da empresa para os trabalhadores.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum