Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de Maio de 2019, 18h26

Garoto-propaganda da reforma da Previdência, Ratinho vai entrevistar Bolsonaro

Será a segunda vez que Bolsonaro irá ao SBT somente neste mês. A emissora de Silvio Santos foi privilegiada no primeiro trimestre com a publicidade do governo, recebendo mais recursos que a Globo e ficando atrás apenas da Record, do bispo Edir Macedo

O senador major Olímpio fotografa encontro de Ratinho e Bolsonaro (Reprodução)

Contratado para ser garoto-propaganda da Reforma da Previdência, ao lado de nomes como o de Luciana Gimenez, da Rede TV!, o apresentador Carlos Ratinho Massa, do SBT, entrevista Jair Bolsonaro no próximo dia 27.

Será a segunda entrevista que Bolsonaro concederá à emissora somente em maio. No domingo, dia 5, o presidente foi entrevistado pelo dono do SBT, Silvio Santos. Teria sido uma grande conversa de compadres, não fosse por um detalhe.

Sílvio Santos, do alto de seus 88 anos e sem papas na língua, resolveu criticar a liberação do porte de armas, uma das principais bandeiras de Bolsonaro.

Em seu primeiro trimestre de governo, Bolsonaro privilegiou o SBT e a Record, de Edir Macedo, com aumento de receita publicitária dos órgãos federais.

O Grupo Record, de Edir Macedo, foi o que mais recebeu dinheiro, passando a Globo, que perdeu também para o SBT, de Silvio Santos.

Em ao menos dois anos, é a primeira vez que ocorre essa inversão. No primeiro trimestre do ano passado, os veículos da família Marinho faturaram R$ 5,93 milhões, contra R$ 1,3 milhão da Record e R$ 1,1 do SBT.

O faturamento da emissora de Edir Macedo, em 2019, chegou a 10,3 milhões. O SBT ficou R$ 7,3 milhões e a Globo, com R$ 7,07.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum