Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de outubro de 2019, 11h11

General Heleno diz que “esquerda” é responsável pela convulsão social na América do Sul

Temeroso, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional disse que a esquerda "vai tentar retornar ao poder de qualquer maneira e nos jogar no abismo em que nós paramos na porta"

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) de Jair Bolsonaro (PSL), general Augusto Heleno, publicou nesta quarta-feira (23) em suas redes sociais que a “esquerda radical” é a responsável pelos levantes sociais que têm tomado conta de diversos países da América do Sul, como Bolívia, Peru e Chile.
“Na América do Sul, estamos vivendo um momento difícil, em que a esquerda radical, desesperada pela derrota, vai jogar todas as suas fichas na mesa para conturbar a vida dos países da região. Vai tentar retornar ao poder de qualquer maneira e nos jogar no abismo em que nós paramos na porta”, escreveu o general, temeroso pela retomada do poder pela esquerda.

O Chile é um dos países que atualmente vive uma convulsão social. Os principais sindicatos e movimentos sociais convocaram esta quarta-feira (23) e quinta-feira (24) uma greve geral que ameaça aprofundar os protestos que acontecem no país há seis dias, apesar do presidente Sebastián Piñera ter apresentado um pedido de desculpas e anunciado medidas para tentar conter o conflito social.

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum