Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de janeiro de 2020, 12h58

General Heleno sobre revista Crusoé: “Que fontes mentirosas. Que falta de profissionalismo”

De acordo com Heleno, a revista teria inventado um estremecimento entre ele e o ministro-chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro de Segurança Institucional da Presidência da República, general Augusto Heleno, fez duras críticas à Revista Crusoé, conhecida como porta-voz da operação Lava Jato, nesta sexta-feira (31), em sua conta do Twitter: “Que fontes mentirosas. Que falta de profissionalismo”

De acordo com Heleno, a revista teria inventado um estremecimento entre ele e o ministro-chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni. “São incapazes de fazer contato com os citados”, escreveu ainda.

“Cruzoé inventou um dossiê e um estremecimento meu com o Min Onix. Que fontes mentirosas. Que falta de profissionalismo. São incapazes de fazer contato com os citados.”

Conflito inexistente

O dossiê citado por Heleno foi publicado pela Crusoé em reportagem intitulada “O ministro que diminuiu“, na qual a revista afirma haver um conflito entre Onyx e o general.

De acordo com a revista, o ministro do GSI é “um dos ministros de alto coturno do governo interessado na derrocada de Onyx”.

Citando “fontes com trânsito na área militar do governo”, a Crusoé diz que um dossiê chegou às mãos do presidente da República, Jair Bolsonaro, com supostas informações comprometedoras sobre Heleno.

O general teria enxergado o dossiê como “uma tentativa de enfraquecê-lo” pelo grupo de Onyx Lorenzoni.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum