Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de janeiro de 2020, 16h09

Gilmar Mendes afirma que tirar Moro da Lava Jato foi positivo para o Brasil

"Tirar Moro de Curitiba ajudou a normalizar a vida institucional", disse o ministro

Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

Em entrevista ao programa “Poder em Foco”, do site Poder 360, na noite de domingo (12), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que retirar o juiz Sérgio Moro da operação Lava Jato “foi positivo para o Brasil”.

“Tirar Moro de Curitiba ajudou a normalizar a vida institucional”, disse Mendes. “Eu até já disse que pode não ter até grandes talentos jurídicos no grupo da Lava Jato, mas tem um grande talento de midiático, de marketing, o que é notório”, disparou o magistrado.

O ministro defendeu ainda que a decisão de tornar Moro ministro foi um acerto de Bolsonaro para a política brasileira: “Uma contribuição importante que o governo Bolsonaro deu ao sistema político institucional brasileiro foi ter tirado Moro da Lava Jato. Eu não sei se foi uma boa opção para o juiz Moro, inclusive do ponto de vista da suspeição, da imparcialidade”.

Mendes também foi questionado sobre a possibilidade de Moro assumir o lugar de Celso de Mello, que terá aposentadoria compulsória no STF em 2021, mas preferiu não opinar sobre o assunto. Ele afirmou, porém, que não acredita que Bolsonaro deva indicar um ministro “terrivelmente evangélico”, como disse que faria.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum