Fórum Educação
08 de abril de 2020, 19h20

Gilmar Mendes diz que Constituição não permite que Bolsonaro “adote políticas genocidas”

O ministro do STF ainda prometeu derrubar medidas anti-isolamento caso Bolsonaro tente aplicá-las

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, criticou mais uma vez a condução do presidente Jair Bolsonaro diante da crise no novo coronavírus. Mendes afirmou que o ex-capitão pode demitir ministros – em referência a Henrique Mandetta -, mas que não pode adotar políticas “genocidas”.

“Eu não previa que isso fosse acontecer e certamente isso não é desejável. O presidente da República dispõe do poder de exonerar seus ministros. Agora, a Constituição não permite que o presidente adote politicas genocidas, que afetem de maneira crucial a vida da população. É desejável que haja uma articulação, que haja um afinamento dessa orquestra”, afirmou em entrevista ao Uol.

“Não é o ideal que haja orientações diversas no governo, o governo precisa se coordenar em torno da orientação do Ministério da Saúde, para não gerar esse tipo de perplexidade”, completou.

Mendes ainda afirmou que se Bolsonaro apresentar um decreto impondo o fim do isolamento, o texto será derrubado no STF. Em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, o ex-capitão disse que estaria com um decreto pronto para reabrir o comércio.

Com informações do O Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum