Gilmar Mendes: “modo agressivo do governo estimula casos como o de Daniel Silveira”

Em entrevista, o ministro do STF afirmou que “o modo de agir (do bolsonarimo) talvez estimule algumas pessoas a se comportarem dessa maneira, talvez até para comunicar com aquilo que se julga ser o seu público”

As ameaças do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) aos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e sua apologia ao AI-5, em vídeo recente que resultou em sua prisão nesta quarta-feira (17) seriam estimuladas pelo governo de Jair Bolsonaro? Para o ministro Gilmar Mendes, um dos alvos das declarações do parlamentar bolsonarista, a resposta é sim.

Em entrevista à CNN Brasil, nesta quinta-feira (18), Mendes afirmou que “o modo de fazer política, o modo de agir (do bolsonarismo), esse modo agressivo, talvez estimule algumas pessoas a se comportarem dessa maneira, talvez até para comunicar com aquilo que se julga ser o seu público. Temos que fazer esse tipo de análise, nós do nosso lado, temos tentado manter os padrões da democracia”.

Em seguida, Gilmar Mendes disse que acredita que o país vá viver uma crise institucional mais profunda por causa deste episódio. “Essa matéria acabou por, de alguma forma, envolver a Câmara e o Senado, portanto levou essa crise para o Congresso, além de envolver também o Supremo nesse tipo de questão. A mim, não parece que haja interesse do Planalto nessa crise”, comentou o ministro.

Sobre a votação na Câmara dos Deputados, nesta sexta-feira (19), para decidir sobre a manutenção ou não da prisão de Silveira, Gilmar Mendes considera que os parlamentares devem “fazer a devida avaliação da gravidade do caso”.

“Eu espero que a Câmara avalie a gravidade da situação e que, de fato, considere aquilo que foi decidido pelo Ministro Alexandre e depois pelos 11 votos no plenário o STF”, concluiu o magistrado.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR