O que o brasileiro pensa?
13 de dezembro de 2019, 18h22

Gleisi critica veto de Bolsonaro a projeto de lei que beneficia crianças vítimas de violência doméstica

"O tema é de extrema importância, mas além de espalhar Fake News para se explicar, o presidente fez deboche, é asqueroso", afirmou a deputada. Ao anunciar o veto, Bolsonaro imitou a voz de Lula e espalhou fake news

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

A deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidenta nacional do PT, usou as redes sociais nesta sexta-feira (13) para criticar a posição do presidente Jair Bolsonaro que vetou projeto de lei de sua autoria que buscava garantir que o Ministério Público possa atuar em casos de violência doméstica contra crianças sem a necessidade da comunicação da vítima. Ao anunciar que não sancionaria o projeto, o ex-capitão imitou a voz do ex-presidente Lula e inventou uma declaração dele.

“Sob justificativas esdrúxulas e fora da realidade, Bolsonaro vetou projeto de minha autoria que protegia menor vítima de violência doméstica. O tema é de extrema importância, mas além de espalhar Fake News para se explicar, o presidente fez deboche, é asqueroso”, afirmou a parlamentar.

Gleisi ainda disse que Bolsonaro não leu o projeto e “desandou a falar besteira, acusar o que não é e jogar discurso para os policiais”. “O projeto não trata de policiais e sim de violência doméstica! Além disso mostrou q não consegue ignorar Lula”, pontuou.

A deputada também explicou a importância do texto. “O crime de lesões corporais já é processado pelo MP, mesmo sem manifestação da vítima. Isso não ocorre para crimes de lesões corporais leves e culposas, exceção para vítimas menores do sexo feminino, por conta da Lei Maria da Penha. Minha proposta é estender para menores do sexo masculino”, detalhou.

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), relatora do documento na CCJC, também criticou o veto. “Vetado PL de Gleisi Hoffmann para proteger crianças e pessoas com deficiência vítimas de quem tem a responsabilidade de cuida-los e protegê-los. Fui Relatora. O veto foi anunciado com risos de escárnio às vítimas e desrespeito à verdade. Cai mais uma mascara. Este veto do governo defende bandidos q violam crianças”, tuitou.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum