Fórumcast #20
05 de abril de 2018, 13h24

Gleisi Hoffmann: “Se prenderem o presidente Lula, viraremos uma republiqueta de bananas”. Vídeo

Em entrevista coletiva, a presidenta do PT criticou veementemente o resultado do julgamento do habeas corpus: “Em caso de prisão, nós o consideraremos como preso político”

Foto: Wilson Pedrosa/Fotos Públicas

Em breve coletiva no início da tarde destaque quinta-feira (5), a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann afirmou que o partido não aceita a prisão de Lula como ela está estabelecida. “Se acontecer qualquer violência contra o presidente nós o consideraremos como preso político. Será uma prisão que vai expor o Brasil para o mundo. Viraremos uma republiqueta de bananas”. Sobre a candidatura, ela reafirmou que não há plano B: “Ele continua nosso candidato. Primeiro, porque é inocente; segundo, porque a candidatura dele não pertence mais ao PT e, sim, a uma grande parcela da população brasileira”.

A presidenta do PT destacou que “uma parcela do Supremo não deixou que o próprio Supremo cumprisse seu papel de guardião da Constituição, retirando do presidente Lula o direito da presunção da inocência e de se defender em liberdade até que seu processo fosse julgado em última instância. Consideramos isso uma injustiça muito grande”. Para finalizar, ela disse que o estado de espírito de Lula é positivo. “Ele está bem e sereno. Tem a consciência tranquila dos inocentes”, completou.

Veja também:  Ao lado de Mão Santa, Bolsonaro inaugura escola do sistema S com seu nome no Piauí


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum