Gleisi anuncia união de 9 partidos pelo impeachment de Bolsonaro e ato nacional

A presidenta do PT evitou convocar militância para o dia 12, que traz "Fora Lula" como um dos lemas

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, anunciou pelas redes sociais nesta quarta-feira (8) que 9 partidos se articulam de forma unitária para definir os próximos passos pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro. A reunião aconteceu um dia depois dos atos golpistas do 7 de setembro.

Segundo Gleisi, além do PT, conformam a frente pró-impeachment: PDT, PSB, PSOL, PCdoB, PV, Solidariedade, Rede e Cidadania. O Solidariedade aderiu à pauta logo após os atos golpistas.

“Reunimos 9 partidos para debater próximos passos do movimento pelo impeachment e construir grande ato nacional unificado com os que defendem a democracia. Partidos, movimento sindical, social, para dizer Fora Bolsonaro”, escreveu no Twitter.

Ainda não está definida a data da primeira mobilização unificada.

“Enquanto construímos esta grande manifestação de unidade pela democracia, pelo Brasil e pelos direitos do povo, incentivamos todos os atos que forem realizados em defesa do impeachment. O país está cobrando a responsabilidade do presidente da Câmara pela abertura dos processos”, afirmou Gleisi.

Com a mensagem, Gleisi evita anunciar adesão do PT aos atos promovidos por grupos à direita no próximo domingo (12). Enquanto algumas centrais sindicais (Força, CSB, UGT e NCST) e partidos anunciaram que vão estar nos atos, a CUT e a Central de Movimentos Populares rejeitaram o ato.

“Este ato foi convocado por grupos de direita, como MBL e Vem Pra Rua, que contribuíram com o golpe de 2016, que foi contra o Brasil e os brasileiros, e que culminou com a eleição de  Jair Bolsonaro. Desde então, além das crises social, econômica e sanitária, a classe trabalhadora vem sofrendo uma série de ataques contra seus direitos”, diz um comunicado da CUT.

Já a Central de Movimentos Populares destacou que “esses grupos agendaram o dia 12 com o mote ‘nem Bolsonaro, nem Lula’”. Nas redes sociais é possível encontrar postagens dos organizadores puxando um “Fora Lula”. Um tuíte feito por João Amoedo, candidato presidencial do partido Novo em 2018, traz a hashtag #12SetForaLula.

Publicidade
Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR