O que o brasileiro pensa?
12 de fevereiro de 2020, 18h14

Governo tenta barrar MP que garante 13º do Bolsa Família, uma promessa de campanha de Bolsonaro

Medida foi promessa de campanha de Bolsonaro e agora é questionada por parlamentares governistas

Foto: Arquivo/EBC

O governo Bolsonaro, através de sua liderança na Câmara, se posicionou oficialmente nesta quarta-feira (12) contra a adoção definitiva do 13º do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC). A proposta, que circula como Medida Provisória, foi uma promessa de campanha de Jair Bolsonaro. O custo seria de aproximadamente R$ 7,3 bilhões.

Darcisio Perondi (MDB-RS), vice-líder do governo na Câmara, alega que existe um quadro fiscal dramático e é preciso agir com responsabilidade. “Não podemos acompanhar isso aqui”, disse.

O relator do projeto, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), sugere o uso de recursos por taxação dos fundos fechados, que afeta proprietários de grandes fortunas. A cada seis meses, a taxação sobre esses indivíduos no Imposto de Renda seria de 15%. Assim, seria possível arrecadar mais de R$ 10 bilhões.

Randolfe se pronunciou em favor do programa, questionando a conduta do governo. “Essa Medida Provisória se destina aos mais pobres, e nós reconhecemos isso. Chega a ser paradoxal o governo do presidente Jair Messias Bolsonaro propor uma Medida Provisória e querer depois que ela caduque”, disse.

Randolfe ressaltou ainda que inúmeras emendas foram rejeitadas para dialogar com o governo e “não ter nenhum relatório irresponsável”. “Acreditamos na promessa do governo de conversa conosco”, afirmou.

Segundo ele, o projeto também ajudaria o presidente a cumprir uma promessa de campanha.

Nas redes sociais, o senador questionou: “É justo que milhares de famílias de baixa renda sejam penalizadas por esse estelionato eleitoral?”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum