Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de outubro de 2019, 07h50

Greenpeace apresenta ação ao STF contra Ricardo Salles por crime de difamação

Salles havia sugerido que um navio da ONG pode ter sido responsável pelo vazamento de óleo nas praias do Nordeste

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Greenpeace protocolou nesta quarta-feira (30) no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por crime de difamação. Salles havia sugerido nas redes sociais que um navio da ONG pode ter sido responsável pelo vazamento de óleo nas praias do Nordeste.

O Greenpeace citou ainda o fato de Ricardo Salles ter se referido a ativistas da ONG como “ecoterroristas” e depredadores do patrimônio público.

Na avaliação do Greenpeace, as declarações do ministro são “levianas e irresponsáveis” e constituem fato grave que não pode ser normalizado. “O processo que ora iniciamos contra o sr. ministro é também uma forma de repúdio por tais comportamentos”, diz a organização.

Acusação do ministro foi feita no dia 24 de outubro, através de uma publicação nas redes sociais. Ricardo Salles publicou a foto de um navio com o logo da ONG e acusou a embarcação de ser a responsável pelo vazamento de óleo.

“Tem umas coincidências na vida né… Parece que o navio do #greenpixe estava justamente navegando em águas internacionais, em frente ao litoral brasileiro bem na época do derramamento de óleo venezuelano”, escreveu Salles no Twitter.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, o responsável por apresentar a queixa na Corte será o ex-ministro José Carlos Dias, presidente da Comissão Arns.

 

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum