segunda-feira, 28 set 2020
Publicidade

Grupo ligado a deputado Bolsonarista é investigado por divulgar vídeo batendo em boneco com máscara de Gilmar Mendes

A denúncia, de acordo com nota do Painel, da Folha, deste domingo (29), foi da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) na CPMI das Fake News.

Segundo ela, o grupo denominado Movimento Conservador, da cidade de São José dos Campos, publicou vídeo em que usa armas de brinquedo e bate em um boneco vestido de preto com uma máscara do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O colega Alexandre de Moraes determinou a busca e apreensão na casa de Edson Saraiva, na semana passada e mandou a Polícia Federal (PF) colher depoimento de uma pessoa de São José.

Saraiva, além de presidente do Movimento Conservador, é chefe de gabinete do deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP). Na foto que ilustra este texto os dois aparecem ao lado do deputado federal Eduardo Bolsonaro. A medida foi tomada no âmbito do inquérito aberto para apurar notícias falsas contra integrantes do Supremo.

“Moção de aplauso” a Augusto Nunes

O deputado estadual Douglas Garcia é o mesmo que protocolou, em novembro, uma “moção de aplauso” para o jornalista Augusto Nunes. O comentarista da Jovem Pan agrediu fisicamente o jornalista Glenn Greenwald no programa Pânico. Como resposta, parlamentares paulistas alegam que Garcia defende atos de agressão e violência, e vão representar contra ele no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Gay transfóbico

Em abril deste ano, após um discurso transfóbico contra a deputada Erica Malunguinho (PSOL-SP), Douglas Garcia assumiu que é homossexual. A revelação em seu nome foi feita por sua correligionária, deputada Janaína Pachoal, e confirmada por ele na sequência.

“Ele tomou uma decisão e como ele está um pouco abalado, ele pediu para eu fazer essa comunicação por ele. Porque hoje depois de 25 anos ele conseguiu conversar com os pais dele e dizer que é homossexual”, revelou a deputada na tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.