Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de janeiro de 2020, 08h28

Moro quer monitorar esgoto para combater as drogas

Ministério da Justiça vai investir R$ 10 milhões no projeto "Cloacina"

Foto: Pedro França/Agência Senado

Em novo capítulo da política de “guerra às drogas” do governo federal, o ministro da Justiça, Sergio Moro, vai investir R$ 10 milhões no monitoramento do esgoto dos brasileiros para radiografar o consumo das substâncias no país. O objetivo do projeto Cloacina, feito em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), é de ajudar as polícias na identificação das rotas do tráfico.

O projeto começará nas cidades Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR). A ideia de Moro, no entanto, é expandir o campo de coleta para até 18 municípios em quatro anos.

O Ministério da Cidadania vai atuar de forma semelhante, mas com menor orçamento e escopo. As pastas dividem políticas sobre drogas, mas a de Moro centra na questão do combate à oferta, e a de Osmar Terra, no consumo.

A política dura do governo de Jair Bolsonaro contra às drogas é uma bandeira que Moro constantemente reforça em suas redes sociais. É comum, por exemplo, o ministro divulgar fotos de bens apreendidos do tráfico. Parte deles são leiloados ou reutilizados como instrumentos de repressão das próprias polícias.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum