Entrevista exclusiva com Lula
13 de dezembro de 2018, 14h45

Há 16 anos, o torneiro mecânico Luiz Inácio Lula da Silva, era diplomado Presidente da República

Ao deixar o governo, depois de seu segundo mandato, em 2010, 83% dos brasileiros adultos avaliavam a sua gestão como ótima ou boa

Foto: Foto: Wanderlei Pozzembom/TSE

Há exatos 16 anos, no dia 13 de dezembro de 2002, Luiz Inácio Lula da Silva era diplomado Presidente do Brasil. Em um discurso emocionado, Lula lembrou a sua origem humilde de torneiro mecânico.

Na ocasião, ele ressaltou o preconceito que havia pelo fato de não ter nenhum diploma de nível superior.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“E eu, que tantas vezes fui acusado de não ter um diploma superior ganho o meu primeiro diploma. Diploma de Presidente da República do meu país”, disse.

Lula disse ainda: “Se havia alguém que duvidasse que um torneiro mecânico saído de uma fábrica chegasse à Presidência, 2002 provou o contrário”.

Aprovação recorde

O seu governo foi marcado por grandes transformações sociais. No seu mandato, ele estabeleceu como prioridade o combate à fome, lançando o projeto “Fome Zero”. Segundo uma pesquisa feita no ano de 2001 havia, aproximadamente, 46 milhões de pessoas em situação de “insegurança alimentar”, ou seja, que não consumiam os alimentos necessários para estarem nutridas da forma adequada.

Estavam relacionados ao “Fome Zero” programas de educação alimentar e o projeto “Bolsa Família”. O “Bolsa Família” consiste em um valor que é fornecido a famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Esse auxílio já existia no governo antecessor de Fernando Henrique Cardoso dividido em quatro programas (auxílios para compra de gás, alimentação, e artigos escolares), no governo Lula eles foram unificados e ampliados.

Como resultado, cerca de 30 milhões de brasileiros saíram da linha da pobreza. Por conta disso, Lula foi reeleito, em 2006, com mais de 60% dos votos. No seu segundo mandato, a inflação foi controlada e o índice de desemprego diminuiu. Para desenvolver a infraestrutura do país foi criado o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em 2007, que construiu portos, rodovias, ferrovias, investiu-se em saneamento básico.

Com o crescimento da economia brasileira, o país ingressou no Bloco de países emergentes (BRIC) formado também por Rússia, Índia e China, em 2011. O crescimento econômico brasileiro também o levou ao ingresso no G-20, constituído pela União Europeia e as dezenove maiores economias mundiais. Houve ainda crescimento dos níveis de escolarização, e foi criado o Programa Universidade Para Todos (Prouni), que concede bolsas em universidades privadas para estudantes carentes.

Ao deixar o governo, em 2010, 83% dos brasileiros adultos avaliavam a sua gestão como ótima ou boa. Por conta disto, elegeu a sua sucessora, Dilma Rousseff, a primeira mulher presidenta do país.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum