Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de setembro de 2018, 21h48

Haddad é interrompido 62 vezes no ‘Jornal Nacional’; Alckmin, 17

Dentre todos os candidatos entrevistados na bancada do Jornal Nacional, Fernando Haddad foi o que mais sofreu interrupções: foram 62 vezes, mais que o triplo das interrupções de Geraldo Alckmin (PSDB) e o dobro dos demais entrevistados

Reprodução

O ex-prefeito Fernando Haddad, candidato do PT à presidência, foi entrevistado nesta sexta-feira (14) pelos jornalistas do ‘Jornal Nacional’, da Globo. Apesar de suas respostas incisivas, o petista foi o candidato que mais sofreu interrupções entre todos os candidatos entrevistados por William Bonner e Renata Vasconcellos.

Ao todo, Haddad sofreu 62 interrupções dos jornalistas. Mais que o triplo de interrupções sofridas por Geraldo Alckmin (PSDB). O tucano teve sua resposta cortada pelos apresentadores 17 vezes.

O segundo mais interrompido depois de Haddad foi Jair Bolsonaro (PSL): foram 36 vezes.

Confira, abaixo, os tempos de fala de cada candidato e o número de interrupções em suas entrevistas no ‘Jornal Nacional’, de acordo com o levantamento feito pela Fórum.

Jair Bolsonaro (PSL) – 36 interrupções e 16 m 47s. de fala

Ciro Gomes (PDT) – 34 interrupções e 15m 20s de fala

Geraldo Alckmin (PSDB) – 17 interrupções e 16m 17s de fala

Marina Silva (Rede) – 20 interrupções e 19m 30s de fala

Fernando Haddad (PT) – 62 interrupções e 16m 05s de fala

Veja também:  Governo Bolsonaro divulga portaria e suspende verbas para filmes dirigidos ao público LGBT

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum