Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de outubro de 2018, 14h25

Haddad: “na hipótese de Bolsonaro ser eleito, será o começo do fim da Amazônia”

Segundo o petista, Bolsonaro fez um acordo com o agronegócio para desmatar mais e produzir menos, por isso vai abrir uma frente de desmatamento na Amazônia.

Foto: Instituto Socioambiental - ISA

Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (17), Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência da República, afirmou que se o oponente, Jair Bolsonaro (PSL), for eleito será o “começo do fim da Amazônia”. “Todos os especialistas dizem que meu adversário tem uma proposta que compromete a sustentabilidade da Amazônia. Na hipótese dele ser eleito, existe o risco de ser o começo do fim da Amazônia”.

Segundo o petista, Bolsonaro fez um acordo com o agronegócio para desmatar mais e produzir menos, por isso vai abrir uma frente de desmatamento na Amazônia.

Haddad disse ter um compromisso em atingir o desmatamento zero da floresta Amazônica. Segundo ele, é preciso investir em tecnologia para se desmatar menos e produzir mais no Brasil.

Segundo o candidato do PT, o militar da reserva tem uma visão “completamente equivocada” sobre nossas riquezas naturais. Haddad também lembrou que em seu programa de governo existe um capítulo inteiro falando sobre sustentabilidade.

Além disso, o petista também voltou a falar sobre a necessidade de se criar uma frente democrática ampla contra Bolsonaro e falou sobre segurança pública. Para Haddad, é preciso criar um sistema único de segurança pública no Brasil, para que exista um plano de metas de redução de mortalidade no País. “Já temos a polícia que mais mata e que mais morre”, disse ele.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum