Haddad sobre apoio de parte do PDT à Pec dos Precatórios: “Estrago monumental!”

Ex-prefeito fez duras críticas ao partido de Ciro Gomes; veja aqui

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT-SP) fez duras crítica à posição de parte do PDT, que votou a favor da PEC dos Precatórios. Para ele, ao votar com o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) o partido assinou um cheque de R$ 90 bi para viabilizar a sua reeleição.

Haddad lembrou que “em 2018, 3 dos 4 candidatos do PDT a governador que foram para o 2° turno declararam voto no Bolsonaro”.

O ex-prefeito disse ainda não saber se o partido tem conserto.

“Hoje, o partido assinou um cheque de R$ 90bi para viabilizar sua reeleição. Não sei se tem conserto. Estrago monumental!”

Candidatura em suspenso

Até mesmo o pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT-CE) avisou através de sua conta do Twitter, na manhã desta quinta-feira (4) que coloca a sua pré-candidatura “em suspenso” após parte substancial da bancada do seu partido votar com o governo de Jair Bolsonaro (Sem Partido) na PEC dos Precatórios.

Acordo com Lira

Um acordo com o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) foi determinante para que parte significativa da bancada do PDT aprovasse em primeira votação na madrugada desta quinta-feira (4) a PEC dos Precatórios. O PDT deu 15 votos a favor enquanto apenas seis de seus deputados votaram contra.

O texto principal da PEC foi aprovado em primeiro turno com 312 votos a favor, apenas quatro a mais que o mínimo necessário, que são 308 adesões.

Lira prometeu ao PDT que irá colocar para votar um projeto de lei que destina aos professores 60% do que a categoria tem direito dessas dívidas dos precatórios, mas que será escalonada em três anos.

Publicidade

Dois parlamentares do PDT bateram boca na saída do plenário, cena testemunhada pelo GLOBO. Paulo Ramos (RJ), que foi contrário à PEC, gritou com André Figueiredo (CE), ex-líder do partido, que votou a favor da PEC.

Matérias relacionadas:

Publicidade

Ciro coloca pré-candidatura em suspenso após apoio do PDT à PEC dos Precatórios

Aprovação e apoio do PDT à PEC dos Precatórios geram revolta

Tico Santa Cruz cobra Ciro Gomes sobre apoio do PDT a Bolsonaro na aprovação da PEC

Lupi vai entrar com ação no STF contra votação remota na PEC dos Precatórios

Com manobra de Lira e ajuda do PDT, governo aprova PEC dos Precatórios na Câmara

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.