Fórum Educação
12 de agosto de 2019, 09h32

Haddad sobre as eleições argentinas: “Macri jamais poderia ter se aproximado de Bolsonaro”

O petista se referiu à uma fala de Jair Bolsonaro que o erro da ditadura brasileira foi não ter matado 30 mil, o que coincidentemente é o número de mortos pela ditadura argentina

Foto: Arquivo/PR

Tendo como pano de fundo as primárias argentinas, que resultaram em uma dura derrota ao atual presidente Mauricio Macri, Fernando Haddad publicou em seu Twitter, nesta segunda-feira (12), que “Macri jamais poderia ter se aproximado de Bolsonaro”. O petista se referiu à uma fala do então deputado Jair Bolsonaro que o erro da ditadura brasileira foi não ter matado 30 mil, que coincidentemente é o número de mortos pela ditadura argentina, onde o regime militar foi o mais sanguinário do continente.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Macri jamais poderia ter se aproximado de Bolsonaro. Um insulto à memória que lá não se aceita como aqui”, comentou Haddad no Twitter. Jair Bolsonaro já havia elogiado e defendido a política econômica de Macri, em entrevista ao jornal argentino La Nación, no começo de junho deste ano, apesar da crise econômica que assola o país vizinho. Na ocasião, o presidente também demonstrou seu apoio à reeleição do presidente argentino.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum