Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de junho de 2019, 08h51

Haddad vai estrear programa nas redes onde entrevistará personalidades da esquerda à centro-direita

Ao que tudo indica, o programa é mais um movimento em torno da construção de uma grande aliança contra o governo de Bolsonaro e a ameaça fascista que ele representa

Fernando Haddad (Foto: Reprodução)

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT-SP), vai estrear um programa de notícias nas redes sociais.

O nome será “Painel do Haddad”. Os primeiros pilotos começam a ser gravados nesta semana.

Ao que tudo indica, o programa será um talk show e também mais um movimento em torno de uma grande aliança contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e a ameaça fascista que ele representa.

A ideia é que Haddad converse com personalidades de diversas correntes e movimentos sociais, da esquerda à centro-direita.

Direitos Já

Uma reunião realizada no final de maio, no apartamento do jurista Pedro Serrano, no qual Haddad esteve presente, teve o objetivo de construir uma frente ampla por direitos e contras as políticas de Bolsonaro.

O objetivo, de acordo com os seus participantes, é “defender a civilização, a democracia e os direitos no país”. Para isso, o grupo já criou um slogan, “Direitos Já”. Com clara alusão ao movimento das Diretas Já este novo slogan já se tornou broches que foram distribuídos aos que chegavam à residência de Serrano.

Estiveram na reunião, além de Haddad, um amplo espectro de políticos, desde o ex-senador José Anibal (PSDB-SP) até Guilherme Boulos (PSOL-SP), passando por vários outros, como Aloizio Mercadante e o vereador Eduardo Suplicy, todos do PT; o ex-ministro da Justiça José Gregori, o vereador Daniel Anneberg e André Franco Montoro, todos pelo PSDB; o presidente do PV, José Pena; José Gustavo, porta voz da Rede, Soninha Francine (PPS) e Aldo Rebelo, do Solidariedade.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum