Fórum Educação
05 de abril de 2020, 11h16

Heleno chama Flávio Dino de “sonso” e toma invertida: “Já são 432 mortos na porta do seu capitão”

Ministro-chefe do GSI, Heleno saiu em defesa de Bolsonaro e tomou invertida do governador maranhense, que o convidou para conversa sobre "passado histórico"

Flávio Dino, Heleno e Bolsonaro (Montagem)

Ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general Augusto Heleno, saiu na defesa de Jair Bolsonaro neste domingo (5) e, ao classificar o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), como “alienado e sonso”, tomou uma invertida do próprio mandatário maranhense.

Leia também: Heleno apaga tuíte criticando Flávio Dino após errar nome do coronavírus: Covid 21

“General, já são 432 mortos na porta do seu capitão. Tente ajudar. O Brasil está precisando. Não quero crer que o senhor seja alienado, sonso, insensível e insensato. Depois venha ao Maranhão e aí terei prazer de recebê-lo como Governador e conversaremos sobre ‘passado histórico'”, comentou Dino na publicação.

Em seu tuíte, Heleno disse que “sempre acreditou, pelo passado histórico, que comunistas são seres alienados, sonsos, insensíveis e insensatos” e que o tuíte de Dino, creditando as mortes pelo coronavírus ao presidente comprovaria isso.

Na sexta-feira (3), o governador maranhense publicou na rede que as “vaidades e agressões” de Jair Bolsonaro estariam colocando os brasileiros em risco de morte diante da Covid-19.

“Bolsonaro começou o dia com TREZENTOS brasileiros mortos na sua porta. À noite já são TREZENTOS E SESSENTA. E nem assim ele abandona vaidades e agressões. Impressionante tanto desprezo com a vida dos brasileiros”, tuitou Dino.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum