quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Herdeiro do clã político, Carlos Bolsonaro diz que Brasil é “cabide de emprego” na máquina pública

Em tuite na manhã deste domingo (28), Carlos Bolsonaro compartilha notícia do portal Renova Mídia de que seu pai Jair Bolsonaro vai “disparar o canhão da privatização”. Como elogios, o filho 02 do presidente afirma que o Brasil pode ser considerado “um dos maiores cabides de emprego do mundo na máquina pública”, sempre “utilizando o dinheiro dos pagadores de impostos” para tal.

Eduardo completou se colocando a favor de políticas neoliberais como forma de aumentar a disponibilidade de empregos. “Sem o peso do estado, com a concorrência visando o barateamento do produto, o Brasil ganha a confiança do investidor e assim na obtenção de empregos. A interferência política diminuta é uma das formas de romper a ineficiência do inchaço estatal”, comenta.

A notícia que Eduardo se referia comentava ainda sobre uma fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, na Associação Comercial do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (26). O ministro afirmava sua pretensão de acelerar as privatizações no país, pois “algumas estatais viraram foco de aparelhamento” e que, por conta disso, “nós temos que vender esse troço”.

Na notícia, Guedes também elogiou o presidente, acreditando que ele seja um homem de “determinação e princípios morais”.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.