sexta-feira, 18 set 2020
Publicidade

Huck critica “ataques desleais” a ONGs em discurso no lançamento de Instituto do General Villas Bôas

Entre papos com General Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), e cumprimentos a Sergio Moro, ministro da Justiça, o apresentador da Globo, Luciano Huck, foi a grande estrela no lançamento do Instituto General Villas Bôas, Organização Não Governamental (ONG) fundada pelo ex-comandante do Exército e assessor do governo Jair Bolsonaro para apoio a pesquisas sobre doenças raras, que aconteceu no início da noite desta quarta-feira (4) em Brasília.

Huck apresentou um vídeo ao estilo que faz em seu programa na Globo com uma entrevista com Villas Bôas e familiares. E em discurso, falando como pré-candidato, deu as boas vindas ao militar no “mundo das ONGs” e criticou os ataques que o chamado terceiro setor vem sofrendo atualmente, em crítica indireta a Jair Bolsonaro e ao filho, que culpam as ONGs pelas queimadas na Amazônia.

“O terceiro setor, que é o mundo das ONGs, tem sofrido ataques desleais nos últimos tempos no Brasil. E estou seguro que essas iniciativas, quando levadas a sério, têm um impacto enorme na vida das pessoas e são incubadoras de políticas públicas”, disse Huck.

O apresentador ainda fez um “alerta” ao general, fazendo analogia à vida na caserna. “Agora vou fazer um alerta em general: você não imagina a batalha que está se metendo. É a batalha do terceiro setor. E é uma batalha dura. Não é fácil hoje em dia o dia a dia das ONGs sérias e comprometidas no Brasil”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.