Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de setembro de 2018, 21h03

Ibope: Haddad dispara, chega a 19% e se isola na segunda colocação

Mais uma vez, candidato do PT foi o que mais apresentou crescimento e atingiu um patamar, inclusive, mais alto que no último Datafolha. Bolsonaro oscilou 2 pontos e os demais candidatos apresentaram quedas ou se mantiveram estáveis

Foto: Divulgação/Coligação "O Povo Feliz de Novo"

Nova pesquisa eleitoral do Ibope para a presidência divulgada nesta terça-feira (18) confirma a curva ascendente de Fernando Haddad (PT), oficializada há exatamente uma semana. O novo levantamento mostra, novamente, que o petista foi o que mais apresentou crescimento com relação à última pesquisa, chegando aos 19% e se isolando na segunda colocação. No estudo anterior, Haddad tinha 8% – cresceu 11 pontos em 7 dias.

O primeiro colocado, Jair Bolsonaro (PSL), oscilou 2 pontos, dentro da margem de erro, com relação à última pesquisa e agora aparece com 28%. Ciro Gomes (PDT), que estava tecnicamente empatado com Haddad em segundo lugar, se manteve estável e, agora, diante do crescimento do petista, figura na terceira colocação, com 11%. Geraldo Alckmin (PSDB) aparece na nova pesquisa em quarto lugar com 7% e Marina Silva (Rede) em quinto, com 6%.

Leia também
Haddad é o candidato que mais sobe também no segundo turno e empata com Bolsonaro

A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos.

Confira a lista completa

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 19%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Marina Silva (Rede): 6%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
João Amoêdo (Novo): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 14%
Não sabe/não respondeu: 7%

O Ibope ouviu 2.506 eleitores entre os dias 16 e 18.

Confirmação de tendência

A tendência de evolução na candidatura de Fernando Haddad (PT) já havia se manifestado no último levantamento Datafolha, divulgado na sexta-feira (14). O petista tinha sido o candidato que mais cresceu nas intenções de voto. Ele tinha pulado de 9% para 13%, chegando ao mesmo índice de Ciro Gomes (PDT), que, no entanto, se manteve estável.

Jair Bolsonaro (PSL) aparecia em primeiro, subindo de 24% para 26%. Nas demais colocações, Geraldo Alckmin (PSDB) atingiu 9%; Marina Silva (Rede), 8%; Álvaro Dias (Podemos): 3%; Henrique Meirelles (MDB): 3%; João Amoêdo (Novo): 3%; Cabo Daciolo (Patriota): 1%; Guilherme Boulos (PSOL): 1%; Vera Lúcia (PSTU): 1%; João Goulart Filho (PPL): 0%; Eymael (DC): 0%; Branco/nulos: 13%; Não sabiam/não responderam: 6%.

A pesquisa foi feita entre quinta (13) e sexta-feira (14), com 2.820 eleitores, e a margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos.

Ibope anterior

O crescimento de Haddad já podia ser notado na última pesquisa Ibope, do dia 11.  O levantamento anterior apontou que Jair Bolsonaro (PSL) estava em primeiro, com 26%; Ciro Gomes (PDT), com 11%; Marina Silva (Rede), 9%; Geraldo Alckmin (PSDB), 9%; Fernando Haddad (PT), que até a manhã do dia da divulgação da pesquisa ainda não havia sido oficializado como candidato, subiu de 6% para 8% e foi o único, além de Bolsonaro, que apresentou crescimento. Em síntese: Ciro, Marina, Alckmin e Haddad estavam empatados tecnicamente em segundo lugar, pela margem de erro.

Demais colocações: Alvaro Dias (Podemos): 3%; João Amoêdo (Novo): 3%; Henrique Meirelles (MDB): 3%; Vera Lúcia (PSTU): 1%; Cabo Daciolo (Patriota): 1%; Guilherme Boulos (PSOL): 0%; João Goulart Filho (PPL): 0%; Eymael (DC): 0%; Branco/nulos: 19%; Não sabiam/não responderam: 7%.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum