Fórum Educação
27 de junho de 2019, 16h09

Ibope: Queda de Bolsonaro foi maior na Educação

Em comparação com pesquisa realizada em abril, o setor da educação foi o que apresentou a maior redução na aprovação: 54% da população desaprova a forma como o governo toca as políticas educacionais.

Weintraub e Bolsonaro - Foto: Andre Sousa/MEC

Segundo dados da pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira (27), o setor em que mais aumentou a insatisfação da população com o governo de Jair Bolsonaro foi o da Educação.

A desaprovação com relação a forma como Bolsonaro governa no âmbito da Educação saltou 10 pontos percentuais, de 44% para 54%. Apenas 42% aprovam a maneira como as políticas educacionais tem sido tocadas.

Os cortes da educação e as manifestações em defesa das universidade e dos institutos federais aparecem como um forte fator para o desgaste. As notícias sobre o “contingenciamento” e os atos aparecem entre as mais lembradas pelos entrevistados.

Em comparação com pesquisa realizada em abril, o governo Bolsonaro oscilou negativamente em aprovação e confiança, com mais da metade da população afirmando não confiar no presidente que está a seis meses no posto e há uma grande divisão nos níveis de aprovação: 32% avaliam como bom/ótimo, 32% como regular e outros 32% como ruim/péssimo.

A avaliação do governo Bolsonaro nos seis primeiros meses é a pior da série histórica contando os presidentes eleitos desde Fernando Collor. Os números iniciais de Bolsonaro apenas superam os de Michel Temer, se forem considerados todos que assumiram a cadeira presidencial desde a redemocratização.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum