quarta-feira, 30 set 2020
Publicidade

Ibope: Um terço da população vê Bolsonaro como principal culpado por situação da pandemia

Além disso, 71% da população enxerga que a pandemia teve impacto maior do que o previsto

Um levantamento realizado pelo Ibope e divulgado pelo Jornal O Globo neste domingo (6) mostra que 33% da população brasileira enxerga o presidente Jair Bolsonaro como principal responsável pelas mortes provocadas pelo novo coronavírus durante a pandemia.

Na pesquisa, o Ibope aponta que 71% da população assume que o impacto da pandemia foi maior do que o esperado. Nos recortes de renda, gênero, escolaridade e região geográfica, a percepção é bem parecida, mas se acentua quando é feita a separação por posicionamento político.

87% dos que se consideram de esquerda concordaram – total ou parcialmente – com a frase “O impacto da pandemia na vida dos brasileiros foi muito pior do que o esperado”. Entre os autodenominados de centro foi de 83%, enquanto apenas 65% dos adeptos da direita demonstraram concordância.

Diante dessa percepção, o jornal perguntou de quem seria a culpa. Para 38%, é da própria população, enquanto 33% colocam na conta do presidente. Entre o eleitorado de esquerda, 78% culpa o ex-capitão, enquanto na direita apenas 8% responsabilizam Bolsonaro.

Dados do Ministério da Saúde apontam que 126 mil pessoas já morreram no país em decorrência da doença.

No levantamento, o grupo “de centro” foi formado por 28% dos entrevistados; a direita, 24%; e a esquerda, 16%. A pesquisa foi realizada com 2.626 internautas entre os dias 21 e 31 de agosto, com confiança de 95% dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Outras pesquisas

Pesquisa Datafolha revelada no início de agosto mostrava que apenas 11% culpavam o presidente pelas 100 mil mortes provocadas pelo Sars-Cov-2. Segundo Pesquisa Fórum de agosto a atuação do governo federal na gestão da pandemia é considerada ótima e boa por 35,1% da população, regular por 28% e ruim e péssima por 34,1%.

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.