O que o brasileiro pensa?
28 de junho de 2020, 09h02

Identificados donos do canal bolsonarista que transmitiu atos antidemocráticos pelo YouTube

Bolsonaro recomendou o canal em uma live, dias antes de uma operação do caso ser deflagrada

Cleiton Basso. Foto: Reprodução

O inquérito que investiga atos antidemocráticos descobriu quem são os donos do canal Foco do Brasil (antigo Folha do Brasil), com dois milhões de inscritos no YouTube.

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) recomendou o canal em uma live, dias antes de uma operação do caso ser deflagrada. “Não é porque fala bem, não. É porque fala a verdade”, afirmou.

Os vídeos são apresentados pelo palestrante motivacional Cleiton Basso (foto).

José Luiz Bonito, conhecido como Roberto Boni, sósia de Roberto Carlos, é um dos administradores do canal, junto com a empresa Folha do Brasil Negócios Digitais, controlada por Anderson Azevedo Rossi.

De acordo com reportagem do Globo que mostra o rastro do dinheiro que financia manifestação antidemocráticas favoráveis a Bolsonaro, o Foco do Brasil mantém um canal do YouTube, com 2,8 milhões de inscritos, em que posta vídeos de Bolsonaro, e um jornal que comenta as principais notícias do dia sob a ótica bolsonarista.

Na última sexta-feira, o apresentador do Foco do Brasil falou sobre a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Ele ataca a cobertura da imprensa, minimiza o caso e não cita que a prisão ocorreu na casa do advogado da família Bolsonaro.

Conforme revelado pelo GLOBO no início deste mês, relatório produzido a pedido da CPMI das Fake News, identificou 2,065 milhões de anúncios pagos com verba da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) em sites, aplicativos de telefone celular e canais de YouTube que veiculam conteúdo considerado inadequado. Entre eles, estão páginas que divulgam notícias falsas, oferecem investimentos ilegais e até aplicativos com conteúdo pornográfico.

Com informações do Painel, da Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum