#Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de agosto de 2019, 19h51

Incêndios na Amazônia podem dificultar acordo entre União Europeia e Mercosul

Presidente da França é favorável a suspender negociações por conta de Jair Bolsonaro

No primeiro dia do encontro do G7, reunião dos países mais ricos do mundo, que ocorre em Biarritz, na França, o principal assunto foi os incêndios que estão ocorrendo na Floresta Amazônica nos últimos dias. A questão ambiental enfrentada pelo Brasil, pode ser decisiva para o futuro econômico de toda a América do Sul.

O presidente francês Emanuel Macron vê com muita preocupação as posições tomadas pelo governo brasileiro em relação a Amazônia e avalia uma possível suspensão de acordos comercias entre a União Europeia e o Mercosul. “Devemos responder ao apelo da floresta, da Amazônia, nosso bem comum. Então vão agir”, afirmou Macron, em pronunciamento na TV.

A França tem elevado o tom contra o Brasil por conta da questão ambiental. Macron já chegou a afirmar que Jair Bolsonaro mente sobre seus compromissos climáticos e a falta de ação para combater o fogo na floresta.

Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos estão mais cautelosos em relação a não fechar acordos com o Mercosul por conta da Amazônia. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, diz que o momento econômico mundial não permite que acordos deste tipo possam ser deixados de lado. “Acho eu seria relutante nesse momento tão difícil para o livre-comércio mundial”.

Por outro lado, o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, diz que é muito difícil ratificar algum acordo enquanto o Brasil permite a destruição da floresta.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum