Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de dezembro de 2019, 20h35

Indignado, Marcelo Odebrecht diz que demissão por ordem do pai é “abuso de poder”

Em nota, ex-comandante da empresa acusou o atual presidente, aliado de seu pai, de tentar “intimidá-lo” com essa medida

Marcelo Odebrecht - Foto: Agência Brasil

O empresário Marcelo Odebrecht reagiu com indignação à demissão, pelo próprio pai, da empreiteira da qual foi presidente e é herdeiro. Em nota, ele destacou que seu desligamento é mais um “ato de abuso de poder do atual presidente da Odebrecht S.A”, Ruy Sampaio.

Marcelo acusou Sampaio de tentar “intimidá-lo”, em função das denúncias que ele vem apresentando à área de compliance da empresa envolvendo o presidente do grupo.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

“A demissão de Marcelo Odebrecht é apenas a demonstração inequívoca de mais um ato de abuso de poder do atual presidente da Odebrecht S.A. que, na tentativa de paralisar a apuração pelo compliance de fatos que lhe atingem e que deveriam estar protegidos por sigilo, retalia o denunciante como forma de intimidá-lo”, diz a nota.

Porém, de acordo com informações de Lauro Jardim, colunista de O Globo, a demissão de Marcelo foi por ordem do próprio pai, Emílio Odebrecht, com quem está rompido há mais de dois anos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum