Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de outubro de 2018, 16h38

Índio que se reuniu com Bolsonaro não representa povos do Xingu, diz associação

Associação Terra Indígena Xingu (ATIX) afirma que o índio Ysani Kalapalo, que se reuniu com Bolsonaro "declarando apoio falso ao anti-humano usando nome do Xingu, não representa legalmente os povos Xinguano"

Reprodução/Facebook

Em nota emitida na noite deste sábado (27), a Associação Terra Indígena Xingu (ATIX), representação política de 16 povos do Território Indígena do Xingu, afirmou que o índio Ysani Kalapalo, que se reuniu com o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) “declarando apoio falso ao anti-humano usando nome do Xingu, não representa legalmente os povos Xinguano”.

Segundo a associalção, o índio atrapalhou o movimento indígena e representa uam “isca parlamentar espiã”. “Repudiamos falsa representação, esclarecendo para movimento indígena nacional e internacional”.

Afirmando que Bolsonaro quer acabar com 129 processos de demarcação de terras indígenas, a associação diz que os indígenas são protagonistas de sua própria história milenar. “Estamos juntos para resistir tudo que vier atacar nossa existência”, diz a nota.

Leia a nota na íntegra.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum