Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de abril de 2019, 06h48

Irmã de militar, idosa de 70 anos listada entre assessores nega ter trabalhado para Carlos Bolsonaro

Nadir Barbosa Goes foi exonerada por Carlos Bolsonaro em janeiro, quando o pai assumiu a Presidência. Como oficial de gabinete, ela recebia remuneração de R$ 4.271 mensais

Carlos Bolsonaro (Fotos: Flicker/Familia Bolsonaro)

Reportagem de Ana Luiza Albuquerque e Catia Seabra, na edição desta sexta-feira (26) da Folha de S.Paulo, revela que uma mulher de 70 anos, moradora da cidade de Magé (RJ), a 50 quilômetros da capital fluminense, figurava até janeiro na lista de assessores do vereador Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Nadir Barbosa Goes, no entanto, disse à reportagem que nunca trabalhou para o filho de Bolsonaro.

Como oficial de gabinete, Nadir recebia uma remuneração de R$ 4.271 mensais. Ao receber ligação dos jornalistas, a idosa não quis responder quais atividades desempenhava e teria dito, ao final: “Fala com o vereador que eu não sei de nada”.

No início do ano, assim que o pai assumiu o Palácio do Planalto, Carlos fez uma limpeza em seu gabinete na Câmara. De janeiro a fevereiro, exonerou nove funcionários.

Nadir está entre eles. Ela é irmã do militar Edir Barbosa Goes, 71, assessor atual de Carlos Bolsonaro. A esposa dele, Neula de Carvalho Goes, 66, também foi exonerada pelo vereador logo após a posse do pai de Carlos na Presidência da República.

Veja também:  Dinastia Bolsonaro: Carlos lança a mãe, Rogéria, para eleição da Câmara no Rio

Leia a reportagem na íntegra


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum