Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de janeiro de 2020, 22h11

Irmão de Weintraub escreve de forma “erudita” para compensar erro crasso do ministro

"Imprecionante": Arthur Weintraub, mais uma vez, correu para as redes sociais para proteger o irmão após deslize ortográfico; os seguidores, no entanto, não entenderam nada

Irmãos Weintraub. (Foto: Reprodução)

Arthur Weintraub, irmão de Abraham Weintraub e “passador de pano” oficial do ministro da Educação em situações embaraçosas, decidiu fazer uma postagem em “juridiquês” em suas redes sociais na noite desta quinta-feira (8) pouco depois do chefe do MEC arrasar com a língua portuguesa em publicação feita no Twitter.

“Não se coadunam elementos de censura na hermenêutica oriunda da egrégia decisão judicial prolatada contra a exibição do porta dos fundos. Ao revés, o venerando julgador cingiu de lautos critérios forenses tudo o que foi exarado no douto decisium, conquanto Dr felipe neto divirja”, publicou Arthur, que é professor de Direito e atua como assessor especial do governo Bolsonaro.

O comentário veio logo após Abraham escrever a palavra impressionante com a letra “C” no lugar de “SS”. Para exibir uma pseudo-erudição e tentar mudar de assunto, Arthur fez questão de defender a censura ao Porta dos Fundos e ainda cutucou o youtuber Felipe Neto.

Em dezembro, Arthur também teve que acudir o irmão após o ministro da Educação compartilhar em suas redes uma crítica ao presidente Jair Bolsonaro – que chamava o ex-capitão de traidor. A desculpa dele foi a de que Abraham “clicou errado”. Mesmo assim, ela ainda pareceu fazer mais sentido do que a justificativa do chefe do MEC, que afirmou que estava com “internet intermitente”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum