Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de fevereiro de 2020, 07h34

Itaú tem lucro de R$ 28,3 bi em 2019 com endividamento recorde de famílias e empresas

Empréstimos para pessoas físicas, micro e pequenas empresas atingiu R$ 706,664 bilhões, em um aumento de 10,9%, impulsionando lucro do banco controlado pelas famílias Vilela, Setúbal e Moreira Salles

Luciano Huck em propaganda do Itaú (Reprodução/TV Globo)

O endividamento recorde das famílias e micro e pequenas empresas em 2019 aumentou a busca por empréstimos e fez o lucro do Itaú, maior banco privado do Brasil, subir 10,2%, batendo R$ 28,363 bilhões no ano, superando expectativas de analistas do setor financeiro.

No mesmo ano, o endividamento atingiu 65,6% das famílias brasileiras, o maior patamar da série histórica da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) desde janeiro de 2010.

Leia também: Lorena Vieira, esposa de Rennan da Penha, denuncia racismo em agência do Itaú

As micro e pequenas empresas também registraram endividamento recordo. Segundo estudo da Serara Experian, divulgado em outubro do ano passado, 5,5 milhões de micro e pequenas empresas estavam inadimplentes em julho de 2019, um novo recorde da série histórica iniciada em março de 2016.

Foi justamente esses dois fatores que explodiram o lucro do Itaú em 2019. Os empréstimos para pessoas físicas, micro e pequenas empresas atingiu R$ 706,664 bilhões, em um aumento de 10,9% – muito superior ao 1,9% de crescimento nas operações do Itaú na América Latina.

Somente no quarto trimestre, o banco controlado pelas famílias Vilela, Setúbal e Moreira Salles obteve lucro líquido recorrente de R$ 7,296 bilhões, resultado 12,6% superior ao obtido no mesmo período do ano anterior.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum