Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de julho de 2019, 10h16

Janaina Paschoal sobre prisão de hackers de Araraquara: “Não existe ‘nude’ seguro”

Mostrando-se preocupada com o que pode ter sido vazado na invasão "generalizada" de aparelhos celulares, a deputada estadual fez análise curiosa sobre segurança virtual e atraiu a atenção dos seguidores

Janaína Paschoal (Arquivo)

Mostrando-se preocupada com o que pode ter sido vazado na invasão “generalizada” de aparelhos celulares divulgada pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) fez uma sequência de tuítes comentando sobre “nudes” e segurança virtual.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“A vida inteira, eu disse aos meus alunos que não existe “nude” seguro. A única segurança no “nude” é não fazer. A investigação em torno da atuação desses hackers mostra que eu estava ainda mais certa do que pensava”, declarou a deputada, que é professora de Direito Penal na USP.

Ela ainda conjecturou sobre as diversas possibilidades que podem acontecer com um “nude”: “Além da própria pessoa que recebeu  o ‘nude’ poder enviar para terceiros, por erro ou vingança; alem de alguém poder se apropriar, fisicamente, do dispositivo e, com isso, acessar as imagens íntimas… uma associação criminosa (ou mesmo um tarado virtual) pode invadir e captar as imagens. Melhor viver a realidade e guardar as boas lembranças na memória, não no celular”

A sequência despertou curiosidade em usuários, que se questionaram se ela estaria falando sobre fotos íntimas propriamente ou fazendo uma correlação “sexual” com a Lava Jato.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum