#Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de outubro de 2019, 18h38

Janot será ouvido na CCJ da Câmara por declarações feitas em livro

Janot foi chamado para se explicar sobre tentativa de assassinato de Gilmar Mendes e a obsessão da Lava Jato por Lula

Foto: Lula Marques/Agência PT

As revelações do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre a parte oculta de sua atuação na chefia do Ministério Público devem de ser melhor explicadas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Janot foi convidado para a comissão após a repercussão das declarações de que teria entrado armado no STF para assassinar Gilmar Mendes e de que foi pressionado pelos procuradores da Lava Jato a perseguir Lula.

Além de Janot, foram convidados o ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o ex-chefe de gabinete do PGR, Eduardo Pelella. A oposição tentou incluir o procurador Daltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba, mas o pedido foi rejeitado. O convite ainda pode ser apresentado por meio de requerimento.

“Requeiro a Vossa Excelência, nos termos regimentais, o envio de convite ao ex-Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, ao Procurador da República, ex-chefe de gabinete do PGR, Eduardo Pelella e ao advogado e ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para discutir a medida de busca e apreensão na residência e no escritório de Rodrigo Janot e as demais declarações públicas deste exprocurador-geral da República atinentes ao período em que atuou na Operação Lava Jato, na condução dos trabalhos do MPF como PGR”, diz o pedido assinado pelo deputado Delegado Pablo (PSL-AM).

“Está bem explícita na obra do Janot que ele foi pressionado por Dallagnol para que invertesse a ordem dos trabalhos para que fizesse a denúncia do presidente Lula antes de outras denúncias; que denunciasse o Partido dos Trabalhadores antes até de outras denúncias que podiam ser explicitamente mais graves”, disse a deputada Talíria Petrone (PSOL-RJ) na comissão ao defender a convocação de Dallagnol.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum