Jilmar Tatto vai pra cima de Ciro Gomes: “Quando ninguém fala dele, ele fala do PT”

Declaração dada pelo ex-ministro à Folha gerou polêmica neste final de semana; confira

O secretário de Comunicação do PT, Jilmar Tatto, criticou neste domingo (28) a declaração dada pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT) em entrevista à Folha de S. Paulo sobre a “tarefa” que ele diz ter assumido de derrotar o PT no primeiro turno em 2022.

“O Ciro é o Ciro Quando ninguém fala dele ele fala do PT para alguém falar dele. Kkkk”, ironizou o dirigente petista, que concorreu à Prefeitura de São Paulo em 2020.

A crítica de Tatto foi à entrevista dada por Ciro ao ao jornalista Joelmir Tavares, da Folha.

“Nesse quadro de hiperfragmentação, quem for contra o Bolsonaro no segundo turno tem tendência de ganhar a eleição. O menos capaz disso é o PT. Por isso, a minha tarefa é necessariamente derrotar o PT no primeiro turno”, declarou o pré-candidato.

O comentário gerou polêmica nas redes sociais. Os termos “Paris”, “Ciro” e “Haddad” chegaram a ocupar os assuntos do momento.

“O Ciro deixou de ser o Ciro, pra mim, no dia em que embarcou para Paris e nos jogou aos leões. Talvez não evitasse a derrota de Haddad, mas estaria ali presente, naquele momento crucial, junto, solidário não com o PT, mas com o Brasil. Foi uma imensa decepção. Só pensou em si”, escreveu a jornalista Hildegard Angel.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.