Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de setembro de 2019, 23h22

Joanna Maranhão dá invertida em Sérgio Moro

"A selva queimou, ministro", publicou a nadadora ironizando postagem do ministro da Justiça bajulando general

Sergio Moro (Isaac Amorim/MJSP)

Ao utilizar a expressão “selva”, muito usada por militares, em seu Twitter, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, levou um puxão de orelha da nadadora Joanna Maranhão, medalhista pan-americana e ex-participante do programa do COI com as Forças Armadas. Ela fez uma referências às queimadas na Amazônia.

INSCREVA-SE para receber conteúdos exclusivos da entrevista do Rovai com o presidente Lula

“A selva queimou, ministro”, publicou a nadadora em sua rede social nesta quarta-feira (18), ironizando a utilização da expressão por parte de Sérgio Moro, que não tem trajetória militar e apenas foi recruta.

O ministro usou o termo ao comentar sobre uma reunião que teve com o general Luiz Ramos, ministro-chefe da Secretaria de Governo, e representantes da bancada evangélica.

“O almoço foi ótimo, agradeço ao gentil convite da frente evangélica, mas privilégio nosso, Min. Ramos, de tê-lo como amigo no Ministério. Selva”, tuitou.

Fritado diariamente por Bolsonaro e isolado na Esplanada dos Ministérios, Moro parece querer se aproximar dos militares para se segurar no posto.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum