quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Joice abre enquete para combater descriminalização da maconha pelo STF e maioria vota sim

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL), que se define como liberal na economia, mas conservadora nos costumes, resolveu abrir uma pesquisa, em suas redes sociais, com o objetivo de combater a descriminalização da maconha, assunto que deverá ser votado no Supremo Tribunal Federal (STF), em junho.

Pelo menos por enquanto, Joice não alcançou seu objetivo, pois a maioria dos participantes da enquete votou “sim”, ou seja, é favorável à descriminalização da maconha.

Até 19 horas desta segunda-feira (27), a votação no Twitter indicava 59% de sim e 41% de não. No Facebook, a vantagem dos favoráveis à descriminalização é maior: 64% de sim e 36% de não.

Vejam alguns comentários de internautas:

Ué… Vocês não são liberais? Não entendi?” Este comentário provocou reação de Joice, que respondeu: “Só na economia, filhinho. Nos costumes somos CONSERVADORES”.

“Considero essa postura uma tremenda contradição. Quer dizer que na economia “vale tudo”. Já na “moral e nos bons costumes” o estado deve intervir no livre arbítrio dos cidadãos.

“Maconha me tirou do alcoolismo do vício do crake, da cocaína, dos remédios me deu condições de trabalhar de ter qualidade de vida”.

“Sua pesquisa não conta, Rainha do Centrão, a maioria que te segue são conservadores patéticos apoiadores desse governo decadente. Deixa o povo fumar maconha em paz. Faz menos mal que a nicotina e alcatrão que o ex juizeco quer colocar a preço popular”.

“E arrecadar dinheiro pra ser usado em saúde, educação, segurança enquanto diminui o poder do crime organizado”.

“cannabis mata, o que salva vidas é fuzil calibre 5.56 da taurus (irônico)”.

“Quem não gosta, não faz. Simples! Descriminalizar enriquece a economia, diminui violência, desestabiliza o tráfico e tem países mostrando como faz”.

“Eu não sei sua visão de mundo exma, mas leia sobre o potencial econômico que a planta inteira tem, não apenas uso medicinal e recreativo, como também têxtil combustível, além de fibras com o canhamo…”.

“Porta de entrada para a criminalização é a ignorância, maconha nunca matou ninguém, o álcool mata 3,3 milhões a cada ano, maconha cura câncer, tabaco causa câncer, maconha é bom pra ansiedade, anorexia, enxaqueca, dores crônicas”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.