segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Joice e Major Olímpio ingressam com representação para tirar Eduardo Bolsonaro do comando do PSL de SP

A “guerra” interna no PSL ganha novos capítulos a cada dia. Nesta quarta-feira (23), um grupo de parlamentares do partido ingressou com uma representação, pedindo a saída de Eduardo Bolsonaro do comando do diretório estadual de São Paulo.

A decisão precisa ser ratificada por Luciano Bivar, presidente nacional da legenda.

No rastro do crime ambiental nas parias do Nordeste: Ajude a Revista Fórum a mergulhar na realidade dessa grande tragédia

Os deputados Júnior Bozzella, Coronel Tadeu, Joice Hasselmann, além do senador Major Olímpio, assinam a representação. Todos pertencem ao PSL de São Paulo.

“Terra arrasada”

A iniciativa marca mais um episódio do confronto travado por bolsonaristas e o grupo de Bivar, pelo comando do partido de Jair Bolsonaro.

“O PSL de São Paulo hoje é terra arrasada. Eduardo Bolsonaro nunca assumiu nada. Ele literalmente destruiu o partido”, declarou o senador Major Olímpio.

Com informações do Congresso em Foco

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.