Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de junho de 2019, 17h22

Joice Hasselmann chama de imoral previdência especial a que Bolsonaro tem direito

O capitão da reserva se aposentou do Exército aos 33 anos, recebendo R$ 10 mil por mês. Com a renúncia à Câmara dos Deputados, tem direito  a mais R$ 29.301,45 mensais

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Durante ‘tour’ pelo Brasil em defesa da reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse nesta segunda-feira (3), em São Luis (MA), que a previdência especial a que deputados têm direito é imoral. “Não é ilegal, então não podemos xingar, mas eu acho imoral, e por isso abri mão dela”, disse a deputada para a plateia na Associação Comercial do Maranhão.

O regime especial de aposentadoria, criticado pela deputada – linha de frente de defesa do presidente – por criar “barões, marajás da previdência” é usada por Jair Bolsonaro. O capitão da reserva se aposentou do Exército aos 33 anos, recebendo R$ 10 mil por mês. Com a renúncia à Câmara dos Deputados, tem direito  a mais R$ 29.301,45 mensais, segundo o jornal O Globo.

A deputada passou pelo Maranhão durante giro por capitais de diferentes Estados do país defendendo a reforma da previdência. “Sem ela, nenhum dos Estados, mesmo os arrumadinhos, como Espírito Santo, Santa Catarina ou São Paulo, aguentar as contas”, disse na apresentação.

A iniciativa, que conta com reuniões com prefeitos, governadores e lideranças locais, faz parte do esforço que a máquina do governo vem fazendo para conseguir aprovar a reforma. Também faz parte dessa campanha os gastos de R$ 37 milhões em peças publicitárias veiculadas desde 20 de maio.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum