Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2020, 21h01

Joice Hasselmann é chamada de “comunista” por elogiar construção de hospital na China

A parlamentar comemorou a rápida construção de hospital que tem como objetivo combater o novo coronavírus

Michel Jesus/Câmara dos Deputados

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) foi alvo de ataques dos seguidores do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais neste domingo (2) após fazer publicação elogiando a rápida construção de hospital na China contra a epidemia do novo coronavírus (2019-nCoV).

“Impressionante! Os chineses construiram o hospital em 10 dias! A partir de amanhã, 1.400 médicos militares atenderão pacientes infectados c/Coronavírus”, publicou a parlamentar, ex-líder do governo no Congresso.

Na mensagem, Hasselmann ainda questionou que outro país teria feito isso na mesma velocidade. “Que outro país conseguiria realizar isto? Qto tempo os EUA demoraram p/ concluir o memorial 9/11 – tb trabalhando 24hs”, tuitou.

Defensores do presidente Jair Bolsonaro enxergaram na publicação uma defesa do comunismo. “A PEPA ESTÁ ELOGIANDO O COMUNISMO OU EU ESTOU ENGANADO!!! ? POR ISSO TEM A REPROVAÇÃO DO POVO BRASILEIRO”, disse um usuário. “Vai virar comunista?”, questionou outro.

Organização Mundial da Saúde

Na quinta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) elevou o grau de risco do novo coronavírus para “emergência de saúde pública de interesse internacional” – mais alto usado pela entidade para classificar epidemias. A declaração foi dada logo após uma reunião entre especialistas da organização.

Segundo dados atualizados da organização, há 14.557 pacientes infectados com a doença, sendo 14.411 na China. No mundo, foram registrados 146 casos confirmados em 23 países. No total, 305 pessoas já morreram pelo 2019nCoV – 304 na China e 1 nas Filipinas. No Brasil ainda não há nenhum caso confirmado, mas 16 suspeitos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum