Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de maio de 2019, 20h27

José Guimarães quer barrar decreto de Bolsonaro que facilita acesso a armas de fogo

“O governo pretende entregar o cidadão a sua própria sorte, ao invés de garantir segurança pública de qualidade, uma obrigação do Estado”, justificou o deputado do PT do Ceará

Foto: Will Shutter/Câmara dos Deputados

O deputado José Guimarães (PT-CE) protocolou nesta quarta-feira (8) um projeto de decreto legislativo (PDL 225/2019), com o objetivo de anular o decreto assinado por Jair Bolsonaro, que facilita o armamento de várias categorias profissionais, o que provocará mais insegurança e violência.

“Com o decreto, o governo pretende entregar o cidadão a sua própria sorte, ao invés de garantir segurança pública de qualidade, uma obrigação do Estado”, justificou, de acordo com a assessoria de comunicação.

Segundo Guimarães, existe uma percepção de parte da população de que, armada, pode se defender melhor em caso de agressão ou assalto com arma de fogo.

Falsa sensação

“Esta é uma falsa sensação de segurança. Dados do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais mostram que os armados correm um risco de 56% maior de serem mortos após um assalto”, ressaltou.

“Até porque a maioria da população não tem preparo e treinamento adequado para uso de arma de fogo”, completou o deputado.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum