#Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de setembro de 2018, 08h46

Juiz da Lava Jato, Marcelo Bretas, curte posts de Bolsonaro, apaga e nega apoio

Juízes são proibidos por lei de se manifestar sobre política

O juiz Marcelo Bretas. Foto: Reprodução TV Globo

O juiz Marcelo Bretas, que é proibido por lei de se manifestar sobre política, curtiu alguns posts do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e também compartilhou notícias referentes a ele. Mas, mesmo assim, ele nega o apoio tanto a Bolsonaro quanto a qualquer outro candidato.

“Sou livre para ‘curtir’ postagens, inclusive de candidatos a cargos políticos. Já ‘curti’, inclusive, postagens de outra candidata ao mesmo cargo”, disse ele, em referência a Marina Silva (Rede).

Bretas publicou na segunda-feira (17) notícia sobre pesquisa eleitoral em que o capitão reformado aparecia na frente com os dizeres: “É chegada a hora da decisão. Participemos todos do processo eleitoral. Informe-se e escolha seus candidatos”.

Em agosto, ele curtiu outra, onde Bolsonaro exaltava o sistema educacional na Coreia do Sul.

“Entendo que, ao ‘curtir’ uma postagem, apenas manifesto minha concordância com determinado tema ou proposta, sem que isso represente um apoio a qualquer candidato. Eventualmente apoio ideias, mas não pessoas ou candidatos”, disse ele.

O problema é que o tema em questão era a dianteira do candidato nas pesquisas.

Leia a matéria na íntegra na Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum