Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de janeiro de 2020, 07h17

Juiz que fazia campanha pró-Moro agora critica ministro por cargo em governo Bolsonaro

“Sergio Moro deixou a magistratura para fazer parte do governo Bolsonaro, que foi de certa forma beneficiado", comentou o desembargador do TRF3, autor do artigo "Somos todos Sergio Moro"

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O desembargador federal Nino Toldo, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), autor do artigo “Somos todos Sergio Moro”, publicado em 2016, agora critica o ex-juiz por atitudes ao longo dos últimos anos e que contribuem com o questionamento de sua imparcialidade. O juiz cita como exemplo ida de Moro para o governo de Jair Bolsonaro, assim como as mensagens trocadas com procuradores e que foram reveladas pela Vaza Jato.

“O juiz Sergio Moro deixou a magistratura para fazer parte do governo Bolsonaro, que foi de certa forma beneficiado, não pela Lava Jato em si, mas por tudo o que acontecia naquela situação”, disse, em entrevista à Folha de S. Paulo.

Toldo também se diz “frustrado” com os impactos negativos que as atitudes do ministro geram à Lava Jato, trazendo retrocessos no combate à corrupção. “É fundamental, para que o sistema de Justiça funcione bem, que não exista nenhum questionamento quanto à imparcialidade do juiz. O juiz não deve dar motivo para que a sua imparcialidade seja questionada. Uma certa frustração que gera é que isso possa estar sendo questionado agora”, comentou.

O juiz também afirma que diálogos revelados pela Vaza Jato insinuam envolvimento de Moro com a investigação. “É o que foi insinuado a partir daquilo que foi divulgado, sempre partindo do pressuposto que aquilo [as mensagens] seja verdade —porque há o questionamento. São diálogos que não deviam ter ocorrido, a meu ver”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum