Entrevista exclusiva com Lula
28 de fevereiro de 2019, 08h18

Juíza desafia Gilmar Mendes e diz que vai sentenciar ação contra Paulo Preto

No último dia 13, Gilmar decidiu que a juíza Maria Isabel do Prado deveria anular a fase de alegações finais do processo, que retardaria o julgamento, dando tempo para prescrição da ação. Em comunicado ao STF, magistrada informou que trâmites foram concluídos

Gilmar Mendes, Paulo Preto e Maria Isabel Prado (Montagem)

A juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo, desafiou determinação do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para que sejam refeitas algumas etapas de um processo contra o ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto.

Em informação à Corte, a magistrada informou que todas as fases desse processo já foram concluídas e que a ação está pronta para ter uma sentença. A informação é do jornalista Dimitrius Dantas, na edição desta quinta-feira (28) do jornal O Globo.

O Ministério Público Federal (MPF) defende que, após prestar essas informações ao STF, a juíza termine o julgamento e dê a sentença o mais rápido possível. Os procuradores temem que, caso a determinação de Gilmar Mendes seja seguida, as denúncias contra Paulo Preto prescrevam em 7 de março, quando o ex-diretor da Dersa completa 70 anos.

Em 13 de fevereiro, Gilmar decidiu que a juíza Maria Isabel deveria anular a fase de alegações finais do processo, a última etapa de uma ação judicial, e permitir a produção de provas pela defesa. Na prática, a decisão de Gilmar adia a decisão da Justiça, já que essas etapas devem levar mais do que os oito dias que faltam para a prescrição do caso.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum