Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de outubro de 2018, 09h09

Juninho Pernambucano diz não entender jogadores de direita: “Vai apoiar Bolsonaro, meu irmão?”

Dizendo que, muitas vezes, um jogador que ainda está na ativa, tem que ter muita dedicação aos treinos e acaba se alienando, ele afirma que a consciência política dele se desenvolveu muito mais depois que parou de jogar

Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista ao El País Brasil, o ex-jogador Juninho Pernambucano afirmou que acha inadmissível um ex-atleta não se posicionar sobre a situação do País. Dizendo que, muitas vezes, um jogador que ainda está na ativa, tem que ter muita dedicação aos treinos e acaba se alienando, ele afirma que a consciência política dele se desenvolveu muito mais depois que ele parou de jogar.

Segundo o ex-jogador, é “desesperador” ver pessoas apoiando intervenção militar. “Eu me revolto quando vejo jogador e ex-jogador de direita. Nós viemos de baixo, fomos criados com a massa. Como vamos ficar do lado de lá? Vai apoiar [Jair] Bolsonaro, meu irmão?”

Alguns colegas de Juninho, se tornaram políticos depois que acabaram suas carreiras em campo, questionado se ele poderia ser candidato, ele disse que ainda não sabe. “Estou esperando a vida mostrar o que devo fazer. Nunca me envolvi com nenhum político. Nunca fiz campanha pra ninguém”, afirmou.

Veja a íntegra da entrevista aqui


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum