Entrevista exclusiva com Lula
16 de abril de 2019, 19h48

Justiça Federal do Rio suspende concessão de passaporte diplomático a Edir Macedo

“As viagens missionárias - mesmo que constantes -, e as atividades desempenhadas no exterior não ficam, de modo algum, prejudicadas sem a utilização do documento em questão”, disse o juiz Vigdor Teitel

Edir Macedo, dono da Igreja Universal. Foto: Divulgação

O dono da Rede Record e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, e sua esposa, Ester Eunice Rangel Bezerra, vão perder os passaportes diplomáticos, por determinação da Justiça Federal, nesta terça-feira (16).

Vigdor Teitel, juiz da 11ª Vara Federal do Rio de Janeiro, acatou solicitação de liminar, em resposta a uma ação popular. Com isso, foram suspensos os efeitos da portaria que assegurava o documento ao casal, assinada por Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores do governo de Jair Bolsonaro.

O juiz argumentou que a atividade no exterior de Macedo como líder da Igreja Universal não representa “interesse do país” que justifique a “proteção adicional consubstanciada no passaporte diplomático”.

Sem prejuízo

“As viagens missionárias – mesmo que constantes -, e as atividades desempenhadas no exterior não ficam, de modo algum, prejudicadas sem a utilização do documento em questão”, acrescentou Teitel.

“Ante o exposto, defiro a liminar, para suspender os efeitos da portaria de 12 de abril de 2019, que concedeu passaporte diplomático aos réus Edir Macedo Bezerra e Ester Eunice Rangel Bezerra, até ulterior decisão”, completou.

Com informações da Folha de S.Paulo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum