No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
25 de maio de 2019, 08h55

Kim Kataguiri dá nota 8 para Rodrigo Maia e 5 para Bolsonaro em programa do Bial

Os três parlamentares criticaram o ato em favor de Bolsonaro, programado para este domingo (26)

Foto: Reprodução/YouTube

Os convidados do programa Conversa com Bial, da TV Globo, desta sexta-feira (24), os deputados federais Tabata Amaral (PDT-SP), Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos líderes do MBL, e Felipe Rigoni (PSB-ES) foram “provocados” por Pedro Bial a dar notas a Jair Bolsonaro e ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Kataguiri deu 8 para Maia e 5 para Bolsonaro; Tabata também deu 8 para Maia e 3 para Bolsonaro, enquanto Rigoni deu 7,5 para Maia e 5 para Bolsonaro.

Além disso, os três parlamentares criticaram o ato em favor de Bolsonaro, programado para este domingo (26).

“Direita contemporânea”

Bial disse que Kataguiri representa uma “direita contemporânea, moderna” e questionou se ele acha que Bolsonaro faz parte dessa direita e se um eventual fracasso do governo pode desmoralizar a ideia de direita.

“Começando pelo final, acredito que sim. A população, no geral, vê a direita como um negócio só, assim, como a esquerda. Então, está todo mundo no mesmo balaio. A manifestação de domingo (26) explicitou as divisões da direita, a liberal, a libertária e até a direita anarquista, tem a mais conservadora, a intervencionista, que defende que os militares tomem o poder”, afirmou.

“A que eu defendo é a direita liberal. A população está mais interessada em saber se tem emprego do que se o Coaf fica ou não com o Moro”, acrescentou.

Impeachment

Em seguida, o apresentador perguntou se, nos bastidores do Congresso, eles já ouviram as palavras impeachment e Bolsonaro na mesma frase. Os três disseram que sim, embora tenham se posicionado contra o impedimento do presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum